Kit IAR
Home Lançamentos Promoções Minha Conta Informações Fale conosco Carrinho de Compras
Busca: 
Categorias
Arteterapia
Dificuldades/Distúrbios/Transtornos
Dinâmicas/Jogos/Brincadeiras
Educação
Educação infantil
Inclusão/Educação especial
Jogos e Brinquedos educativos
Linguagem/Leitura/Escrita
Livros Infantis
Neuropsicologia/Neurociências
Nutrição
Pedagogia
Psicologia
Psicomotricidade
Psicopedagogia
Saúde
Terapia ocupacional
Testes
Vários
Cursos Online
Cursos Online

Diagnóstico Operatório
Início: 9 de Outubro
Clique aqui para conhecer este curso.

Home » Jogos e Brinquedos educativos » JARDINI
Remata Boquinhas Remata Boquinhas
 
Por: R$77,00
 
 

Formato: 15X15X04
ISBN: 7898934850029
Edição: 1     Ano: 2009

Jogo tipo UNO, mas com Boquinhas e letras, que trabalha também verbos, substantivos e adjetivos.

Conteúdo:

-124 cartas, nas cores vermelho, amarelo, azul e verde, com Boquinhas e suas letras, lembrando que o nome da letra nem sempre corresponde ao seu som. A associação é baseada na regularidade entre articulema e fonema.
- Destas, 92 correspondem às letras, 8 coringas, 8 cartas proibido jogar, 8 cartas de inversão do sentido do jogo e 8 cartas de comprar mais duas cartas.
- Um quadro de todas as Boquinhas (articulemas) e suas respectivas letras (grafemas), que podem auxiliar na escrita das palavras e frases.

Objetivos do jogo:

Fixar o domínio das letras e seu uso na escrita. Esse domínio se constitui na fase de aquisição da escrita alfabética, com a compreensão da conversão fonema/grafema, ou seja, som/letra, que aqui é viabilizada pela ferramenta Boquinhas – articulemas.
Desenvolver a consciência fonêmica que é a percepção acústica do som da letra “dentro” da palavra de acordo com a sequencia de sua ocorrência.
Desenvolver a consciência fonoarticulatória, que é a percepção do gesto articulatório ao se pronunciar a letra. Esses desenvolvimentos são fundamentais para a aquisição da leitura e escrita e do princípio alfabético da Língua Portuguesa.
Fixar e usar os conceitos gramaticais de substantivo/verbo/adjetivo e geração de frases, como base da Língua Portuguesa.
Desenvolver raciocínio. REMATAR suas cartas, ou seja, ficar sem nenhuma.

Recomendações:

Idade: a partir de 5 anos ou do início da aquisição da leitura e escrita.
Participantes: de 2 a 10 participantes.
Uso domiciliar, clínico ou escolar.

Como jogar:

Distribuem-se 5 cartas para cada jogador, ficando as restantes viradas para baixo, reservadas em um monte, para serem compradas.  

- Forma simples, indicada para crianças de 5 a 6 anos:

Inicia-se abrindo uma carta do monte. O jogador da direita deve dizer em voz alta uma palavra iniciada com a letra/boquinha sorteada. Se conseguir, poderá descartar uma de suas cartas que seja da mesma cor, ou que possua a mesma Boquinha, para que o jogador seguinte repita o mesmo. Assim, cada jogador, ANTES de descartar uma carta, deverá falar uma palavra, que é a condição para continuar jogando. As palavras devem ser memorizadas e não podem ser repetidas.
Exemplo: palavra iniciada com A = avião. O próximo jogador não poderá repetir avião, devendo pensar em outra palavra.
Caso não saiba uma palavra iniciada com a letra da carta aberta, passará sua vez ao jogador seguinte. Observe que a palavra deve iniciar com a LETRA e a BOQUINHA da carta, que nem sempre corresponde ao nome da letra.
Caso não possua uma carta da mesma cor ou com a mesma Boquinha, poderá comprar APENAS UMA carta do monte. Caso ainda assim não tirar a carta solicitada, passa sua vez.
OBSERVAÇÃO: nas cartas que contém as letras ARRA, ASSA, ASA, Ç, NH, LH, as palavras faladas podem apenas conter essas letras no seu interior, posto que não se iniciam palavras com Ç, SS.

- Forma complexa, indicada para crianças a partir de 6 anos:

Idem ao explicado na forma simples, mas a palavra falada deve respeitar a letra no canto inferir direito, sendo V = VERBO, A = ADJETIVO, S = SUBSTANTIVO e F = FRASE.
Assim, se a letra sorteada for A, com a indicação de S à direita, deverá dizer um substantivo iniciado por A = alface, se for V, um verbo = amor, se for A, um adjetivo = alto e se for F, uma frase = A menina é esperta. Sugere-se usar verbos na forma do infinitivo.

Cartas especiais:

Coringa = vale qualquer carta e quem a descartar “pede” a cor a ser continuado o jogo.
Proibido (um círculo cortado na diagonal) = proíbe o próximo jogador de descartar, isto é, pula-se a sua vez.
Setinhas = inversão no sentido do jogo de anti-horário, para horário. Isto significa que quem a jogou vai jogar de novo.
+ 2 = obriga o jogador seguinte comprar mais duas cartas, mesmo que possua um descarte. O jogador pode descartar uma carta, desde que sirva.

Ganha-se o jogo quem REMATAR todas suas cartas, ou seja, ficar sem nenhuma.
    
Opiniões
Veja também
IAR - Instrumento de avaliação do repertório básico para a alfabetização - Nova edição
IAR - Instrumento de avaliação do repertório básico para a alfabetização - Nova edição
Avaliação neuropsicológica cognitiva - Vol. 2
Avaliação neuropsicológica cognitiva - Vol. 2
Avaliação neuropsicológica cognitiva - Vol. 1
Avaliação neuropsicológica cognitiva - Vol. 1
Avaliação neuropsicológica cognitiva - Vol. 3
Avaliação neuropsicológica cognitiva - Vol. 3
A prática neuropsicológica fundamentada em Luria e Vygotsky
A prática neuropsicológica fundamentada em Luria e Vygotsky
Dominó de vogais Boquinhas
Dominó de vogais Boquinhas
  segunda 11 dezembro, 2017     9700987 desde sábado 15 março, 2008  


Livraria Click Books Ltda
   Rua Rondônia, 535 CEP: 14.055-230 Ribeirão Preto SP
   Tel/FAX.: 16 3442.5404